Agência Fazendária Virtual
.::Serviços::.
|--> EFD
---> IPM
|--> IPVA
---> ITCD
|--> TACIN
`--> UPF/MT


.::Informações::.
---> CNAE


.::Enquete::.
Com qual freqüência você (contribuinte/contador) procura à Agência Fazendária ou USC?
Semanalmente
Quinzenalmente
Mensalmente
Raramente
Resolvo tudo on-line


Resultados
.::Newsletter::.



 
.:: Sefaz/MT - Notícias ::.

Estimativa não desobriga recolhimento antecipado da Substituição Tributária

A Estimativa por Operação está prevista no Decreto nº 2734/10, cujo regramento foi inserido no RICMS (Regulamento do ICMS), Título III, Capítulo V (Da Apuração do Imposto), artigos 87-J e seguintes.

Assim, em relação às operações com incidência de Substituição Tributária, seu regramento continua o mesmo, tendo em vista que o Anexo XIV do RICMS não fora alterado pela sistemática da Estimativa por Operação e continua em plena vigência.

Há duas formas de pagamento do ICMS pela modalidade da Substituição Tributária. Na primeira, o remetente (fornecedor) de outra unidade federada, não inscrito e nem credenciado em Mato Grosso como substituto, efetua o pagamento do ICMS-ST antecipadamente, nota a nota, antes da saída da mercadoria.

Neste caso, o pagamento deve ser feito pelo Documento de Arrecadação Estadual (DAR-1) emitido no portal da Sefaz (www.sefaz.mt.gov.br), utilizando-se a inscrição estadual do destinatário em Mato Grosso e o tipo de venda ¿2¿ (tributos a serem pagos no ato da saída). O DAR pago e o comprovante de pagamento devem acompanhar a nota fiscal e as mercadorias para o trânsito em Mato Grosso.

A segunda forma de recolhimento do ICMS-ST se dá quando o remetente de outra unidade federada é inscrito no Cadastro de Contribuintes do Estado e credenciado como substituto tributário para o recolhimento do ICMS Substituição Tributária por apuração mensal. Nos dois casos, é necessário o destaque do ICMS-ST na nota fiscal.

A exigência do recolhimento antecipado do ICMS-ST está prevista no RICMS, Anexo XIV, art. 3º, inciso II. A ausência do cumprimento da obrigação prevista enseja retenção das mercadorias e consequente lavratura do Termo de Apreensão e Depósito (TAD), com cominação de multa.
 
Versão para impressão!   Enviar Notícia!
Enviada por: Suac/Sefaz-MT em 30/08/2010 18:09:06
E-mail: Ouvidoria
Sexta, 31 de outubro de 2014  



.::Galeria::.
Parceria TJ e Sefaz
[+] Outras galerias




Fale conosco





Agência Fazendária Virtual





Serviços INDEA





Atendimento Tributário








Licitação Profisco

















Login FIPLAN





Sistema de Informações Gerenciais do Governo de MT









 
Av. Rubens de Mendonça nº. 3415 - Centro Político Administrativo
Cep. 78050-903 - Cuiabá-MT Fone: (65) 3617-2900
© Copyright 2004. SEFAZ-MT - Todos os direitos reservados